Em email apreendido, presidente da OAS chama ACM Neto de ‘grampinho’ e ironiza estatura.

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic._Rcog_cHVa

O presidente da empreiteira OAS José Aldemário Pinheiro Filho, conhecido como Léo Pinheiro, preso ao ser deflagrada a Operação Lava Jato da Polícia Federal (PF), teve um email apreendido em que faz chacota da baixa estatura do prefeito de Salvador, ACM Neto. A mensagem, obtida pela Coluna Painel da Folha de S. Paulo, foi endereçada ao dono da empreiteira, Cesar Mata Pires, em fevereiro de 2012. O assunto do email é “Marcelo Odebrecht”, presidente da empresa que leva o sobrenome. “Estive ontem em Juazeiro do Norte. Como o nosso Marcelo é do tamanho do nosso Grampinho, ninguém o viu”, escreveu Pinheiro ao associar o prefeito à polêmica dos grampos durante o governo do seu avô, ACM.  Mata Pires, ex-genro de Antonio Carlos Magalhães, com quem era rompido, replicou com a mensagem: “Pertencem a uma terceira geração de grandes e poderosos líderes. Ambos carismáticos e obstinados”.

obrigado por ter acessado o nosso blog, a coordenação agradeçe, acesse e fique bem informado.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s