MPF pede prisão da prefeita de Barreiras por descumprir ordem judicial.

JUSMARI

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) pediu a prisão da prefeita de Barreiras, Jusmari Oliveira (PSD), após a gestora descumprir determinação da Justiça Federal que a obrigava a recontratar os funcionários demitidos da Secretaria da Saúde. De acordo com a assessoria do órgão federal, a prefeita tinha 72 horas para fazer a recontratação contada a partir do dia 14 de novembro, mas a determinação da justiça não foi obedecida pela prefeita, e por isso o pedido da prisão foi solicitado à Justiça Federal em Barreiras. A determinação do último dia 14  também obrigava a prefeita a pagar em dia dos salários de todos os profissionais da área, ocupantes de cargos públicos ou contratados, que prestava seus serviços nos moldes contratual, legal e regulamentar.  A atual prefeita, que entrega o cargo em janeiro, infringiu normas constitucionais e legais ao demitir profissionais da área logo após o resultado do pleito de 2012, de acordo com a ação de autoria do procurador da República José Ricardo Teixeira Alves, que foi o responsável pelo pedido de prisão da prefeita. A Justiça Federal em Barreiras ainda não expediu o mandado de prisão solicitado pelo procurador. (Correio)

 

obrigado por ter acessado o nosso blog, a coordenação agradeçe, acesse e fique bem informado.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s