Proposta do governo ainda não chegou na ALBA.

 

A greve de parte dos policiais militares na Bahia pode levar seis dias para ser encerrada. Isto porque a proposta amplamente divulgada pelo governo do estado, que não foi aceita pela categoria, ainda não foi formalizada e levada em forma de projeto de lei à Assembleia Legislativa.

Em conversa com a reportagem do Bocão News, o presidente do Legislativo baiano, Marcelo Nilo (PDT), disse que assim que o projeto chegar, ele vai convocar os deputado estaduais para apreciar, aprovar e devolver ao Poder Executivo para que seja sancionado pelo governo Jaques Wagner (PT).

O retorno das atividades no parlamento está marcado para a quarta-feira (15). Contudo, Nilo ressalta que o presidente da Casa pode antecipar os trabalhos para resolver esta questão emergencial. Declarações atribuídas ao pedetista dão conta de que ao chegar, o projeto levará dois dias, no máximo, para ser aprovado.

Os deputados estaduais estão a postos para votar a matéria. Bastando para isso que ela chegue. No entanto, enquanto governo e comando grevista não chegarem a um acordo, dificilmente o projeto será enviado ao Palácio Luís Eduardo Magalhães.

Anúncios

obrigado por ter acessado o nosso blog, a coordenação agradeçe, acesse e fique bem informado.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: