Luiz Amaral diz que rejeição das contas é “questão de interpretação”

Presente à solenidade de posse do Chefe da Casa Civil do estado, Rui Costa, na quinta-feira (5), em Salvador, o prefeito Luiz Amaral disse em entrevista ao repórter Marcos Frahm (93 FM), que a rejeição das contas de 2010 da Prefeitura de Jequié, pelo Tribunal de Contas dos Municípios-TCM,  resultou da interpretação do relator do processo. “O TCM tem sido bastante rigoroso em suas interpretações, haja vista, que foram rejeitadas 120, de um total de 415 contas analisadas”, minimizou. Segundo Amaral, o período das festas natalinas impossibilitou que a defesa feita pelos advogados da Prefeitura fosse analisada pelos conselheiros. “Pequenos erros técnicos às vezes são transformados em grandes erros, na interpretação do colegiado”, disse. Amaral revelou que a rejeição “não atrapalha o município em suas responsabilidades e nós iremos recorrer, se for necessário, inclusive, na justiça comum”. O prefeito acredita que após a análise da defesa haverá mudança de orientação por parte do relator da matéria.

Anúncios

obrigado por ter acessado o nosso blog, a coordenação agradeçe, acesse e fique bem informado.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: