TST determinou o fim da greve dos Correios…

 O Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou na terça-feira (11) aos funcionários dos Correios, em greve desde 14 de setembro, retorno ao trabalho a partir da meia-noite de quinta-feira (13) (sob pena de multa diária de R$ 50 mil para o caso de descumprimento), desconto salarial referente a sete dias parados e compensação de 21 dias com trabalho aos sábados, domingos e feriados, sem o pagamento de hora extra. A determinação foi dada após votação no tribunal do processo de dissídio coletivo movido pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) contra a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect). O TST considerou, no entanto, que a paralisação da categoria não é abusiva. O principal motivo de discórdia entre grevistas e a ECT – o desconto dos dias parados – foi o último ponto a ser acordado no julgamento e teve três propostas diferentes. Além da decisão acatada pelo TST, o presidente do tribunal, João Oreste Dalazen, sugeriu uma alternativa ao parecer do ministro relator do caso, Maurício Godinho, e propôs o desconto de todos os dias parados.

obrigado por ter acessado o nosso blog, a coordenação agradeçe, acesse e fique bem informado.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s