Cada preso custa em média por mês R$ 1,5 mil ao estado

O custo médio de um detento do sistema prisional baiano é de R$ 1,5 mil mensal, de acordo com o titular da Secretaria da Administração Penitenciária e Ressocialização, Nestor Duarte. O valor torna-se mais absurdo quando comparado ao gasto por um aluno da rede pública de ensino: R$ 173. Um levantamento feito pela própria Secretaria aponta diversos problemas no sistema, bem como a superlotação dos presídios baianos. Outro problema apontado pelo estudo é a falta de defensores públicos. De acordo com Marcus Vinícius Almeida, membro do Conselho Penitenciário da Bahia, a adição de mais profissionais poderia amenizar a crise por que passa o setor. “Atualmente existe um déficit de aproximadamente 386 defensores na Bahia, o que tem contribuído bastante para a superlotação do sistema prisional no Estado. Se a Defensoria pudesse ampliar sua atuação, com um maior número de profissionais e uma maior quantidade de investimentos, conseguiria interferir diretamente na comunidade carente, reduzindo não só o índice de criminalidade, mas a própria procura pelo Judiciário e os consequentes gastos gerados ao Estado”, explicou. (Bahia Notícias)

Anúncios

obrigado por ter acessado o nosso blog, a coordenação agradeçe, acesse e fique bem informado.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: