Candidatos: 107 estão à beira do veto na Bahia; VAMOS LIMPAR AS ASSEMBLEIAS!

O cerco aos candidatos com problemas judiciais e administrativos se fechou ontem, quando 107 políticos da Bahia tiveram os registros de candidatura impugnados pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE). Agora, eles terão de recorrer à Justiça, que pode acatar ou não a decisão da PRE. Grande parte das ações de impugnação, que corresponde a mais de 10% das cerca de 990 candidaturas registradas no estado este ano, se refere a irregularidades na apresentação de contas de campanha. Em seguida, vêm os casos relativos à Lei da Ficha Limpa: rejeição pelos Tribunais de Contas da União (TCU), do Estado e do Município (TCM), ausência de certidões criminais e cíveis, e por último, um único caso de renúncia de mandato para escapar da cassação. Trata-se do candidato a deputado federal Coriolano Sales (PSDB), suspeito de integrar a máfia das sanguessugas.

Segundo o autor das ações, o procurador regional eleitoral Sidney Madruga, em 2010 houve um recorde no número de impugnações enviadas ao Tribunal Regional Eleitoral na Bahia (TRE). Dos 107 políticos atingidos pela medida da PRE, 72 são candidatos a uma vaga na Assembleia Legislativa e 34 tentam ingressar na Câmara Federal. Em um dos casos, a impugnação se refere a um primeiro suplente para o Senado: Roque Aras (PV), cujo registro apresentou irregularidade nas contas de campanha. A lista enviada ao TRE pela procuradoria inclui nomes de todos os grandes partidos e coligações envolvidas na sucessão estadual. Entre os políticos mais conhecidos que tiveram a candidatura impugnada, destacam-se

Beto Lelis (PMDB), Benito Gama (PTB)

Carlos Brasileiro (PT)

Genebaldo Correia (PMDB)

Geraldo Simões (PT)

Humberto Cedraz (PSDB)

Isaac Cunha (PT)

Joseph Bandeira (PT)

Neusa Cadore (PT)

Tonha Magalhães (PR)

Vespasiano Santos (PTN)

 Segundo Madruga, além das impugnações feitas ontem, o restante dos registros de candidatura também será analisado pela PRE. “Podemos nos posicionar favoráveis ou não aos pedidos. A lista pode crescer”, afirmou. Há ainda pedidos de impugnação feitos por partidos. O PMDB entrou, entre outros, contra o candidato a vice de Jaques Wagner, Otto Alencar (PP).

Tags:

obrigado por ter acessado o nosso blog, a coordenação agradeçe, acesse e fique bem informado.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s