RECÔNCAVO: PÓLO DE CRESCIMENTO SE VIER ESTALEIRO

RECÔNCAVO: PÓLO DE CRESCIMENTO SE VIER ESTALEIRO

RECÔNCAVO: PÓLO DE CRESCIMENTO SE VIER ESTALEIRO


Estaleiro seria pólo de desenvolvimento de toda a região do recôncavo

O Recôncavo baiano pode viver uma fase áurea de desenvolvimento nos próximos anos. Tudo depende do desfecho da bilionária concorrência da Petrobras para a construção de 28 sondas a serem usadas no pré-sal. Serão investidos R$ 22 bilhões. Na disputa, estão a Andrade Gutierrez, o consórcio baiano Norberto Odebrecht e OAS, além da UTC, o Estaleiro Atlântico Sul (EAS), a Jurong Shipyard e a Keppel Fels. Se o consórcio Odebrecht-OAS ganhar, o estaleiro será instalado em São Roque do Paraguaçu, em Maragogipe. O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, não quis falar sobre as expectativas do desenvolvimento da região. ‘Eu nada posso falar. Temos 40 recursos para apreciar’, esquivou-se. Mas o deputado Luiz Alberto (PT), que é filho de Maragogipe e petroleiro, diz estar otimista sobre o consórcio baiano. “Tem grandes chances. Possui tecnologia e capital para dar as garantias exigidas”, afirma. Informações da Coluna Tempo Presente, do A Tarde.

Anúncios

obrigado por ter acessado o nosso blog, a coordenação agradeçe, acesse e fique bem informado.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: