Sete cassações em cinco anos..!

BOM

Cidade mineira não deixa prefeitos corruptos sem punição

Em nenhum lugar do Brasil a fiscalização do poder público rendeu tantas cassações. Januária, cidade de Minas Gerais, à beira do Rio São Francisco, pode a assistir à derrocada de seu sétimo chefe do executivo em cinco anos.

Maurílio Arruda (PTC) é a bola da vez. Eleito há seis meses, ele caiu em desgraça entre os vereadores quando disse que governaria por decreto. A Câmara se rebelou. Quando veio a primeira denúncia, dia 15 de junho, os vereadores acolheram e instalaram uma comissão.

O mentor da denúncia é Fábio Oliva, presidente da Associação dos Amigos de Januária (Asajan), ONG ligada a uma das principais redes de combate à corrupção do Brasil, a Amarribo. O script das cassações é sempre o mesmo. Oliva e sua ONG angariam informações para apresentar denúncias embasadas para o Ministério Público.

– O sistema de administração pública brasileiro é feito para o cara roubar – lamenta Oliva.

– E o grande problema disso tudo é a impunidade. Januária tem 100 mil habitantes, cerca de 50 mil eleitores e muita frustração. A cidade ficou marcada como terra da corrupção. Oliva defende sua cidade.

– Não é que a cidade que é corrupta. É a gente que fiscaliza bem.

Januária (MG)”

Querendo ler a reportagem na versão “on line”, clique aqui.
Um abraço,
 

Carlos Alberto de Faria
AMABombinhas – Coordenador

AMABombinhas, ONG filiada à Rede AMARRIBO – IFC

www.amarribo.org.br

www.ifc.org.br 

Anúncios

obrigado por ter acessado o nosso blog, a coordenação agradeçe, acesse e fique bem informado.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: